Ubuntu – configurando servidor ftp com o proftpd

No nosso post anterior Primeiros Passos – Configurando um Droplet Ubuntu se você não viu, vale a pena dar uma olhada. Hoje, vamos aprender a instalar um servidor ftp no ubuntu.

3 – Instalando o servidor de FTP proftpd

3.1 – Verificando as portas

Para poder acessar o seu servidor e transferir seus arquivos, é necessário configurar um servidor FTP. No GNU/Linux Debian (ou Ubuntu) o software responsável por fazer esse processo é o proftpd.

Antes de iniciar a instalação, é altamente recomendado procurar por softwares que possam estar usando a porta 21, que é associada ao FTP.

netstat -pln | grep 21

Caso o comando retorne alguma linha, é um indicativo que já existe um servidor FTP sendo executado, do contrário, prossiga com o tutorial.

3.2 – Instalando o proftpd

Para instalar o proftpd, execute os comandos abaixo (um por vez, como super usuário).

apt-get update

apt-get install proftpd

Durante a instalação, você será questionado se deseja executar o proftpd pelo “Inetd” ou “standalone”, selecione “standalone” e aguarde a instalação ser finalizada.

Após sua instalação é necessário configurar a forma no qual o proftpd irá atuar no servidor, para isso, abra o arquivo de configurações.

nano /etc/proftpd/proftpd.conf

Em seguida, realize as seguintes modificações:

Localize “# DefaultRoot” e remova a cedilha

Caso não utilize IPv6, localize “UseIPv6” e defina como “Off”

******Localize e remova os cedilhas de “# PassivePorts”, e altere seu valor para “60000 60005”

Essas configurações farão com que cada usuário fique preso em sua home, sem poder acessar outras pastas de outros usuários, desativar o IPv6 caso não utilize e definir as portas passivas do servidor para 60000 e 60005.

Acrescente o trecho abaixo no final do arquivo e salve as configurações.

RootLogin off

RequireValidShell off

<Limit LOGIN>

    DenyGroup !userftp

</Limit>

<IfModule mod_facts.c>

    FactsAdvertise off

</IfModule>

 Pressione Ctrl+X, em seguida digite Y e pressione enter para salvar. Desta forma o login para o usuário root e usuários que não pertençam ao grupo “userftp”, serão impossibilitados de fazer login.

Bom pessoal, por enquanto é só. Aguardem nossas próximas postagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *